Categoria: Lifestyle

#YEDOTW4: Favoritos de Fevereiro

E como não poderia deixar de ser esta semana tão especial também tinha que ter um dos vossos vídeos preferidos: os FAVORITOS DO MÊS ??
E que mês!!! Recheado de coisas lindas que vocês vão amar: maquilhagem, roupa, acessórios… Uma lista interminável ?
Deixem-me em comentário as vossas opiniões ? beijinhos

Metas para 2016

Nunca estive indecisa sobre publicar ou não um vídeo mas este……. Acho que me deu mesmo muito que pensar!
A luz não é a melhor, o áudio também não, estou com a imagem mais simples de sempre e o conteúdo é assustadoramente ambicioso para partilhar com o mundo mas….
O VÍDEO ESTÁ NO AR!
Espero mesmo que gostem!
Agora quero, mais que nunca, comentários sobre qual a vossa opinião sobre o vídeo, o que acharam de tudo o que disse, etc.
Não importa o quê, mas comentem 🙂
Beijinhos :* <3
https://www.youtube.com/watch?v=VOZ7If0J694

Get Ready With Me @Batalha

Há NOVO VÍDEO NO CANAL Yeyyyyyy 🙂 <3
Venham em viagem comigo e …. Get Ready With Me @Batalha 🙂
Não imaginam o trabalhão que este video me deu!! 🙂
Por isso quero que comentem, me digam se gostaram, se não gostaram, se querem mais vídeos assim ou se preferem outro tipo de vídeos e quais 🙂
Aguardo o vosso feedback e… fingers crossed, espero que gostem 🙂
Beijinhos e bom fim-de-semana :*
https://www.youtube.com/watch?v=_XPJfnZiVf8

Look do Dia: Feeling Blue

Lembram-se de ontem eu ter falado no eterno e clássico blusão de couro que todas devemos ter e nas novas versões que existem, nomeadamente as versões coloridas?

Pois é, falei-vos do meu blusão azul e aqui está ele num Look do Dia muito colorido 🙂

“Feeling Blue” levado à letra poderia até ser uma coisa má, mas mãos feelings é tudo o que esta cor não desperta em mim: o azul-claro faz-me sempre sentir alegre e cheia de energia, especialmente no Inverno 🙂

A camisola polar talvez me faça mesmo parecer um ursinho gordo, mas faz-me sentir tão quentinha e confortável que realmente não quero saber disso para nada 🙂

thumb_SAM_1312_1024

thumb_SAM_1307_1024

 

thumb_SAM_1317_1024

 

Blusão: Zara A/W 13

Camisola Polar: MO A/W 15

Leggins: Bershka A/W 14

Botas: Eureka A/W 13

 

Vídeo: Batons que não são batons

Vocês votaram no Domingo e Quartas-Feiras como os dias em que gostariam que saíssem vídeos e eu fiz-vos a vontade 🙂
Todas as semanas, num desses dias, sairá um novo video 🙂
E começamos já hoje! 🙂
Lembram-se de eu ter falado sobre batons que não eram batons que eu estava a adorar?
Podem saber tudo sobre eles no novo vídeo 🙂

5 Casacos Obrigatórios para Qualquer Guarda-Roupa

Com a chegada do Inverno uma das compras mais apetecíveis é sem dúvida a dos agasalhos!

Contudo, nem sempre a escolha é fácil e, muitas vezes, são mesmo as mil e uma tendências que nos confundem!

Não se deixem iludir! Um bom casaco pode e deve ser intemporal 🙂

Aqui ficam alguns exemplos daqueles que eu considero serem 5 casacos obrigatórios em qualquer guarda-roupa de Inverno:

 

Trench Coat

Ou gabardina, como preferirem 🙂

Um clássico, verdadeiramente intemporal e que nos salvará também em muitos dias de Outono e Primavera.

Captura de ecrã 2015-12-1, às 23.04.03

39,99€ MO

Blusão de Pele

Fica bem com tudo, independentemente das tendências ou das cores que estejam em voga.

Eu gosto do clássico blusão preto ou camelo, mas hoje em dia também existem versões coloridas muito divertidas (eu própria tenho um azul bebe que amo de paixão) 🙂

Captura de ecrã 2015-12-1, às 22.56.27

59,99€ Bershka

Casaco Comprido

 

O chamado “casacão de Inverno” 🙂

É o protagonista da estação e se não tem um não sabe o que é andar bonita e quentinha 🙂

Este ano eu já comprei o meu (acabou de chegar cá a casa e vou estreá-lo amanhã)

Captura de ecrã 2015-12-1, às 23.08.00

69,99€ MO

Casaco de Pêlo (Sintético, sim?)

Quente e charmoso!

Um item que fica bem a todas e que nos faz render à estação fria 🙂

Captura de ecrã 2015-12-1, às 22.59.20

39,95€ Zara

Ponchos

OK, não é bem um casaco! É mais um agasalho.

Mas um bom poncho substitui bem a maioria dos casacos, sobretudo naqueles dias em que precisamos de nos sentirmos quentinhas mas não enchouriçadas, se é que me entendem.

Esta é uma opção que utilizo cada vez mais e com qualquer outfit.

Sem dúvida a minha perdição este Inverno 🙂

Este tem sido o meu favorito:

Captura de ecrã 2015-12-1, às 23.11.08

TAG Conhecendo Novos Blogs

Gosto de TAG’s!!!

São provavelmente a forma mais divertida de interagirmos entre pessoas e blogs 🙂

Por isso, quando fui marcada nesta TAG pela autora do blog Those Sunny Days não hesitei em responder 🙂

A TAG chama-se “Conhecendo Novos Blogs” e estas são as perguntas (e as minhas respectivas respostas):

1. Qual o “porquê” do teu blog?

Ora aí está uma boa pergunta!

A princípio quis agregar as minhas grandes paixões: escrita, moda, multimédia e lifestyle.

Mas o nome reflecte o conteúdo que pretendo para todas essas paixões: a autenticidade que procuro ter e transmitir enquanto ser humano e mulher (vaidosa, muito vaidosa!)

 

2. Qual é/são, para ti, o(s) aspecto(s) menos positivos da blogosfera?

A exposição! Penso mil e uma vezes antes de colocar algum conteúdo e tento colocar-me na pele das pessoas que o irão ler.

Ter voz também implica ter responsabilidade!

 

3. O que fazes para trazer novos conteúdos para o blog? 

Depende do dia.

E da disponibilidade!

Gostava de escrever muito mais, sobretudo muito mais do que escrevo agora.

Gosto de escrever sobre tendências, decoração, soluções para tornar o nosso dia-a-dia mais rápido e saudável-barra-feliz.

Mas, respondendo à pergunta, ninguém vive isolado.

Ninguém se lembra de uma excelente ideia sem antes ter uma base como inspiração.

Por isso consumo muitos sites de moda, lifestyle, muitas revistas, muitos jornais.

Eu sou comunicadora! Eu respiro comunicação e vivo disso e por isso 24h por dia.

Inspiração não falta…. às vezes falta é mesmo tempo para escrever!

 

4. O que gostarias de alcançar com o teu blog?

Tenho pensado muito nisso!

Gostaria de alcançar um marco social importante!

Não para dizer que fui eu a alcançá-lo, mas para provar que as pessoas que seguem o meu blog são pessoas que gostam sim de beleza, mas que também têm uma preocupação social. Porque é que temos que ter estas duas medidas como extremos e não como características diferentes da mesma pessoa? Eu considero mesmo que o meu público-alvo é um público muito consciente e activo no que diz respeito a causas sociais, contudo, preocupado com a sua imagem e estilo de vida.

Mas pode ser que realmente prove isso brevemente 🙂

5. O que te leva a seguir um blog/página?

Devido ao tempo (ou falta dele) que tenho, tento seguir os que publicam os conteúdos com que mais me identifico. Não me importo muito com a periodicidade das publicações, mas gosto de visitar de vez em quando e encontrar sempre algo novo 🙂 Gosto da Pipoca e da Cocó na Fralda e sigo-as há muitos anos…. Mas….. depois existem blogs e canais de youtube que surgiram e ganharam prioridade na minha lista. Não tem a ver propriamente com o meio mas com o conteúdo. Gosto de gente autêntica e que não se vende por uma marca ou patrocínio (Não estou a dizer que estas duas não o são, mas, provavelmente, já perderam muita da descontração com que escreviam inicialmente!) No fundo um blog deve ser isso, o reflexo de uma vida autêntica. Porque novelas já temos muitas na TV.

6. Qual foi a maior surpresa (boa ou má) que a vida adulta te trouxe? 
A responsabilidade!
(Não é surpresa nenhuma mas é deveras a realidade!)
E algo para o qual não estava preparada: a responsabilidade acresce com o passar da idade.
Já não bastava a responsabilidade dos 25? Aos 26 tenho que ter mais??? E depois sei que terei mais… e mais… e mais!
Por isso os meus luxos neste momento são coisas banais: dormir até tarde (10h00 da manhã), não trabalhar ao Domingo, jantar com os amigos e tantas outras coisas banais para tanta gente (da minha idade ou até mais velha, mas que ainda não assumiu as devidas responsabilidades).
7. Qual a tua maior paixão na vida?
Comunicar!
Quase tão importante como respirar!
E espero fazê-lo sempre de uma forma criativa como sempre o fiz.
Espero nunca perder esse lado espontâneo na forma como o faço 🙂
8. Se tivesses que mudar de país obrigatoriamente, qual escolherias para viver? 
Tão fácil!!!!
Itália 🙂 Sempre a “minha” Itália.
Mas Brasil tem sido um pensamento recorrente…. porque não também Brasil? 🙂
9. Se pudesses mudar algo no mundo, o que seria?
Já o disse: que ninguém falasse comigo durante a minha primeira hora após o meu acordar.
E mais uma coisa: que ninguém engordasse a comer pão!!
Não é justo que o pão engorde!!!!!! 🙂
10. Se pudesses andar 10 anos para trás, o que dirias a ti própria?
Estás no caminho certo 🙂
Vou nomear alguns blogs que sigo para também responderem a esta TAG:
The Bunny Boudoir
Be Something
Beauty Stuff

Eu Marmito, Tu Marmitas, Nós Ganhamos

Se há alguns anos atrás me falassem que eu seria fã de marmitas provavelmente não acreditaria.

Lembro-me que mesmo na escola nunca levava lanche para comer.

Isto não por querer ser ou parecer mais do que ninguém mas porque gostava de não pensar no que ia comer no dia seguinte nem de andar com comida atrás de mim.

De há uns tempos para cá as coisas mudaram.

Principalmente porque o meu mais-que-tudo é super fã e me conseguiu converter com argumentos válidos.

Não deixei de comer fora, até porque como sabem (quem me segue pela página de facebook do blog) muitas vezes é a única forma de almoçar com a minha mãe.

Mas agora que olho para trás, sinceramente, nem consigo perceber o porquê de não ter percebido que as vantagens são mais que muitas e, portanto, a marmita é uma aliada.

Vejamos:

  • A nível económico (este tinha que ser o primeiro ponto, porque foi este que obrigou muito boa gente a converter-se como eu 🙂 ) poupa-se imenso. Para que é que eu vou dar o meu dinheiro a alguém que me está a fazer uma coisa que eu posso fazer por mim própria e, se calhar (ou de certeza) melhor?
  • A nível social: as pessoas que almoçam na empresa convivem mais, passam tempo de qualidade no seu intervalo de almoço, stressam menos com as horas de entrada e, sem dúvida, ficam mais bem-dispostas e muito mais próximas umas das outras
  • A nível de saúde: este é o ponto que me tem dado mais gozo! Nunca pensei que fosse tão bom comer todos os dias aquilo que me apetece. Sou EU que escolho realmente o que como. A frescura dos alimentos, os molhos (ou a falta deles, neste caso), a mistura de ingredientes e até mesmo o controlo pelos prazos de validade (quem me conhece sabe que tenho imenso medo de comer alimentos fora do prazo).
  • Por último… o gosto de cuidarmos de nós! Acreditem que sabe muito bem programar uma semana de refeições durante aqueles 5 min em que estamos na parte alimentar do super-mercado. Sabe igualmente bem disponibilizarmos o nosso tempo para no dia seguinte termos uma boa refeição, já no contexto stressante de um dia de trabalho.

Portanto, Eu Marmito, Tu Marmitas, Nós Ganhamos 🙂

E se são daquelas, como eu, que demoram a converter-se, espreitem estas marmitas e talvez mudem de ideias 🙂

4992ad5811a40e10d014dea975b3d2ad

88cbf014a4f42bbae147213365943a1d

b0db56b1779d4e5cf560660f4c33cc5e128a9b1200a9705c1dad31875ee90de2
369fdfccfe8c1514d13ccef3ad2a362e
b89100d518ae956cf30ad78929446fd8

cda9f3130af07b68bc8e44cc3e6eab17