Dalai Lama diz que somos o que comemos.

Para além de ter sempre esta frase na cabeça no que toca a escolher os alimentos, lembro-me sempre de uma outra para todas as outras escolhas do meu dia-a-dia:

Somos o que fazemos, mas sobretudo o que fazemos para mudar o que somos.

Confusos?

Vamos então trocar por miúdos: os nossos actos falam mais por nós do que as nossas palavras e está nas nossas mãos usarmos esses mesmos actos para mostrar a nossa evolução.

E muitas vezes tudo começa com pequenas grandes mudanças.

Há alguns dias partilhei este documentário na página de facebook da YOUnique:

Há alguns anos atrás deixei de comer carne.

Durante um ano mais precisamente.

Não senti falta, não me senti mal nem fraca, não emagreci nem engordei, nem sequer tive qualquer problema de saúde.

Desde há algum tempo que pensava em ter uma alimentação e hábitos mais saudáveis.

Depois de ver este documentário decidi iniciar finalmente este processo.

Por um lado não digo que nunca mais comerei carne. Digo sim que pelo menos não farei disso regra mas antes uma excepção.

Por outro lado, não digo que me tornarei vegetariana, pelo menos do dia para a noite.

Estou no início de um longo processo que levarei com seriedade mas também com a tranquilidade de quem sabe que está a fazer o que a sua consciência lhe diz ser mais correcto: para si própria e para o mundo que a rodeia.

Se me custa? Em alguns aspectos sim.

Nunca fui muito apreciadora de carne mas sei que em muitos momentos, principalmente sociais, se tornará difícil.

Mas confesso-vos que o pior será manter-me longe do queijo. Toda a gente que me conhece sabe como sou feliz a comer queijo 🙂

E perguntam vocês: e o peixe? Bem… para já mantenho ovos e peixe mas não digo que será de todo impossível viver ser eles também.

Aos poucos e sem pressões. Porque não foi nada nem ninguém que me ditou este início senão eu própria.

Até porque estas “pequenas grandes mudanças” de hábitos não se ficarão apenas pela alimentação mas também por outras mudanças de hábitos que partilharei mais tarde convosco.

E a partir de agora convido-vos a partilharem todas as vossas receitas saudáveis e sem carne aqui e na página do blog 🙂

Beijinhos :*

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *